NOVOS BENEFICIÁRIOS | 22.MARÇO.2018

Planos de saúde mantêm alta no número de clientes

O número de beneficiários em planos médico-hospitalares vem crescendo a cada mês. Segundo dados divulgados pela ANS, o mês de fevereiro registrou 47,4 milhões de clientes em todo o Brasil – 54.041 mil a mais do que em janeiro. Na comparação com fevereiro de 2017, houve queda de 36.559 beneficiários.
Com relação aos planos odontológicos, a notícia também é positiva: foram 23,06 milhões de beneficiários registrados em fevereiro – 99.275 mil a mais em relação a janeiro e 1,35 milhão na comparação com o mesmo período de 2017.


Os dados da ANS também apontam que, em 13 estados brasileiros, o número de beneficiários em planos médico-hospitalares registrou alta no último ano: Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Sergipe.

À exceção do Rio Grande do Sul, os demais estados também apresentaram crescimento no comparativo entre janeiro de 2017 e janeiro de 2018. Os destaques ficam por conta do Paraná (56.270 mil novos beneficiários), Ceará (37.319 mil a mais) e Santa Catarina (30.459 mil a mais).

A ANS publica os números atualizados mensalmente no seu portal na Sala de Situação. Também são publicadas informações sobre operadoras ativas no mercado, receitas e despesas assistenciais, entre outras. Os dados podem sofrer pequenas alterações devido às revisões realizadas pelas operadoras.

Plano de saúde é prioridade para os brasileiros, aponta SPC

Uma pesquisa realizada recentemente pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas), em parceria com o Instituto Ibope, prova que o mercado de planos de saúde é uma prioridade para os brasileiros. De acordo com o estudo, 97% dos clientes deste setor mantêm suas mensalidades em dia.

O nível de satisfação desses clientes também é alto, segundo a pesquisa: 69% se dizem bem ou muito bem atendidos em suas necessidades, sendo que 8 é a nota média para a satisfação com a qualidade dos serviços dos planos de saúde.

Ainda segundo o SPC, 70% dos brasileiros não possuem nenhum tipo de seguro saúde, percentual ainda maior entre as classes C, D e E (77%), o que pode ser visto como uma excelente oportunidade de negócios para a área. “O desafio, neste caso, é chegar até essas pessoas e oferecer opções que se encaixem não só na necessidade, mas também no orçamento delas”, explica Marcelo Leite, diretor da Barela, uma marca It’sSeg Company e que é focada em seguros e planos de saúde individuais, coletivos por adesão e para PMEs.

Quer ler mais notícias como essa? Clique aqui e navegue pelo Portal RH It’sSeg. Siga-nos também no Facebook e no Linkedin.

X