ROL DA ANS | 30.MAIO.2022

ANS inclui novas coberturas obrigatórias aos planos de saúde

Durante o mês de maio, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) aprovou a inclusão de novas coberturas no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde – a lista que estabelece os medicamentos, exames e terapias que os planos de saúde são obrigados a cobrir para seus beneficiários.

Entre os procedimentos incorporados estão medicamentos para o tratamento de câncer e psoríase, além de exames para o diagnóstico de insuficiência pancreática e alergia à proteína do leite. Abaixo, confira a lista completa.

 

Novas coberturas dos planos de saúde

Entre os medicamentos incluídos no Rol, estão:

  • Risanquizumabe, para tratamento da psoríase moderada a grave;  
  • Brigatinibe, para tratamento do câncer de pulmão não pequenas células (CPNPC) localmente avançado ou metastático;  
  • Trifluridina + cloridrato de tipiracila, para tratamento do câncer colorretal metastático;  
  • Trifluridina + cloridrato de tipiracila, para tratamento do câncer gástrico metastático incluindo adenocarcinoma da junção gastroesofágica;  
  • Venetoclax, para tratamento da leucemia linfocítica crônica;
  • Apalutamida, para tratamento de pacientes com câncer de próstata metastático sensível à castração (CPSCm);
  • Acalabrutinibe, com três indicações diferentes – para o tratamento de pacientes adultos com leucemia linfocítica crônica (LLC), para tratamento de pacientes adultos com leucemia linfocítica crônica (LLC) recidivada ou refratária e para o tratamento de pacientes adultos com linfoma de células do manto (LCM) que receberam pelo menos uma terapia anterior;
  • Enzalutamida, para tratamento de pacientes com câncer de próstata metastático sensível à castração(CPSCm);
  • Lorlatinibe, para o tratamento de pacientes com câncer de pulmão não pequenas células (CPNPC) localmente avançado ou metastático que seja positivo para quinase de linfoma anaplásico (ALK).
       

Já os exames tratam-se de:

  • Teste de provocação oral (TPO) para diagnóstico e monitoramento de pacientes de até dois anos de idade com alergia à proteína do leite de vaca; e
  • Teste de elastase pancreática fecal, para pacientes com dúvida diagnóstica de insuficiência pancreática exócrina em casos de fibrose cística.  

ANS esclarece a taxatividade do Rol de Coberturas Obrigatórias

 

Quer ler mais artigos como esse? Cadastre-se para receber a nossa newsletter e fique por dentro das novidades no Portal RH.