SAÚDE EMOCIONAL | 26.JULHO.2022

Como medir a segurança psicológica no trabalho

A possibilidade de pedir ajudar, fazer perguntas, admitir erros e expressar sua opinião com a certeza de que não será punido ou humilhado são características de um ambiente profissional que oferece segurança psicológica. “É uma crença compartilhada de que o ambiente é propício a riscos interpessoais”, como explica Amy Edmondson da Harvard Business School.

Mas como saber se sua empresa é um lugar psicologicamente seguro? Se for, que nível de segurança psicológica existe dentro da organização e quão eficaz ela está sendo para os negócios? Para responder a essas questões, Edmondson perguntou aos colegas de trabalho o quanto eles concordavam ou discordavam dessas afirmações:

  • Se eu cometer um erro nesta equipe, isso nunca será usado contra mim.
  • Meus colegas são capazes de trazer à tona problemas e questões difíceis.
  • As pessoas dessa equipe nunca rejeitam outras por serem diferentes.
  • É seguro para mim arriscar nessa equipe.
  • É fácil pedir ajuda a outros colegas.
  • Ninguém nessa equipe agiria deliberadamente para prejudicar meus esforços.
  • Trabalhando nessa equipe, minhas habilidades e talentos são valorizados e utilizados.

Boas práticas ao medir a segurança psicológica

Em seu blog dedicado ao tema, Tom Geraghty propõe algumas práticas para as empresas ou lideranças que desejam realizar este exercício com sua equipe. A primeira delas é adaptar as perguntas ao contexto da organização e, idealmente, realizar a pesquisa de forma anônima para aumentar a probabilidade de as pessoas serem honestas em suas respostas.

Outro detalhe interessante é adicionar uma opção de “comentário” para cada afirmação, assim, as pessoas podem fornecer informações extras, se desejarem. Esse feedback qualitativo facilitará e esclarecerá algumas das ações que você pode precisar tomar.

Métricas

Ao analisar o resultado da pesquisa, verifique as afirmações com as pontuações mais baixas e a maior variedade de respostas. Essas são as áreas que requerem ação.

O que também pode ser observado são as variações dentro da organização. Avalie por qual motivo algumas equipes são mais produtivas do que outras. Poderia ser porque elas têm uma segurança psicológica mais forte?

Repita a pesquisa após um período para avaliar qualquer mudança e determinar se sua estratégia está funcionando. Identifique tendências e sinais de alerta para agir precocemente em problemas que estão surgindo na equipe. Isso demonstrará que você está comprometido com a melhoria contínua.

Referências: MyHRFuture, Psychological Safety

 

Quer ler mais artigos como esse? Cadastre-se para receber a nossa newsletter e fique por dentro das novidades no Portal RH.