LONGEVIDADE | 29.MARÇO.2018

Idosos estão satisfeitos com plano de saúde

Construir uma carreira sólida, aproveitar as oportunidades que surgem pelo caminho e, quando chegar a tão esperada aposentadoria, contar com a segurança de um plano de saúde para curtir a melhor idade: qual profissional não sonha com uma trajetória dessas? Quem conseguiu chegar lá, hoje colhe os louros de uma vida mais saudável, e este cenário está presente na Pesquisa Longevidade: Idosos e Planos de Saúde, encomendada pela FenaSaúde e realizada pelo Instituto Datafolha.

Foram ouvidas 1.100 pessoas a partir dos 60 anos, com e sem plano de saúde, nas cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo. De acordo com o levantamento, 64% dos entrevistados que hoje contam com um plano – seja ele individual, empresarial ou coletivo/adesão – consideram o seu estado de saúde ótimo ou bom; além disso, 51% realizam, pelo menos, um exame a cada seis meses.

De todos os entrevistados pela pesquisa, 37% têm plano de saúde (71% individual, 26% empresarial e 2% coletivo/adesão).

A permanência média dos entrevistados no plano de saúde, aliás, é de 19 anos, e o índice de satisfação é bem alto: 70%. Inclusive, 97% deles não pretendem mudar de plano de saúde nos próximos seis meses.

Mais números:

– 75% destacam a facilidade para marcar consultas;
– 82% utilizam apenas os médicos do plano
– 83% elogiam o acerto nos diagnósticos
– 88% estão satisfeitos com o atendimento nos consultórios
– 89% destacam o clima de cordialidade quando utilizam o plano de saúde

Claro que há sempre algo a se melhorar. Apesar de 53% avaliarem que o seu plano já oferece tudo o que poderia, 14% acreditam que a cobertura para internações, exames e cirurgia plástica deveria ser ampliada, enquanto que 9% pedem uma melhora na rede credenciada (hospitais melhores, uma rede de especialidades maior e médicos mais atenciosos).

Envelhecimento

Como já destacamos aqui no Portal RH It’sSeg, todos nós devemos nos preocupar com o envelhecimento. Há um aumento notório na expectativa de vida em todo o mundo e isso atinge o sistema de saúde em cheio – por conta disso, as operadoras de saúde estão se preparando cada vez mais para oferecer serviços adequados às necessidades da terceira idade.

Entrevista

À FenaSaúde, a aposentada Dona Malba contou um pouco da sua rotina e de como ela utiliza o plano de saúde para se manter ativa aos 81 anos de idade. Assista:

Quer ler mais notícias como essa? Clique aqui e navegue pelo Portal RH It’sSeg. Siga-nos também no Facebook e no Linkedin.

X